Important:

Quaisquer soluções e/ou desenvolvimento de aplicações pessoais, ou da empresa, que não constem neste Blog podem ser tratados como consultoria freelance.

Views

Dashboard - 5 grandes aplicação de visualização de dados baseada na Web

Inline image 1

O
Big Data existe para ajudar-nos a definir e redefinir um mundo com informações mais acessíveis para as empresas, tornando-as mais flexíveis. Quando temos suficientes dados coletados, podemos fazer coisas além da nossa imaginação.

Sempre nos deparamos com o mesmo problema: Uma vez que todos os dados estejam reunidos, como lidaremos com eles? Precisamos de uma ferramenta de visualização de dados para ajudar-nos a ter algum sucesso.

Isso não significa ter um custo enorme para adquirir um ou dois softwares especializados. Felizmente, há um monte de aplicativos baseados na Web que podem, de várias formas, servir para você ter excelentes visualizações, beneficiando-lhe pelo tempo gasto no projeto, na obtenção dos dados.

Encontrei 5 modelos de tais aplicações. Cada aplicação tem uma série de conjuntos de recursos e complexidade distintos, mas todos os eles podem lhe entregar o que você precisa. 
Olhemos essas aplicações baseadas na Web, e escolha aqueles que melhor atenderem às suas expectativas.

1º - Many Yes



Many Eyes da IBM é uma aplicação experimental que facilita a visualização do nosso conjunto de dados. Use o Many Eyes, fazendo upload dos seus próprios conjuntos de dados, ou utilize as muitas estruturas disponíveis. 

As visualizações do Many Eyes contém uma boa variedade: gráficos de matriz de dispersão, diagramas de rede, gráficos de barras, histogramas, gráfico de bolhas, gráfico de linha, gráficos empilhados, gráficos de pizza, diagramas de árvore, árvores de texto, nuvens de tags, etc...

Para fazer upload dos seus próprios dados deve registrar-se gratuitamente. Ao usar o Many Eyes é avisado de que o seu conjunto de dados serão tornados públicos. Então, certifique-se de carregar dados não confidenciais. Além disso, o tamanho do conjunto de dados é limitado a 5 MB.

2º - icharts

Existem duas versões do iCharts - uma gratuita e uma versão comercial. A versão comercial tem um custo de US$ 25,00 por mês, podendo atualizá-la para uma versão de nível empresarial. A versão gratuita pode ter interoperabilidade de dados, compartilhamento público, e conjuntos de dados padrão ilimitados

Se usarmos a versão paga, poderemos obter as seguintes características: um gráfico particular, modelos personalizados, upload de fotos e ícones para baixar imagens em alta definição, conexão de banco de dados em tempo real sem fio, conjuntos de dados de pesquisa, grandes conjuntos de dados, gráficos de relatórios, coleta de dados, tabelas de canais de marca em relatórios personalizados de qualidade e muito mais. 

Quando usamos o iCharts podemos carregar quase qualquer tipo de dados, incluindo planilhas, documentos do Google Drive e assim por diante. 

Gráfico interativo é uma característica única que permite integrar dados pop, zoom e visão panorâmica, com comentários fartos.

3º - Wolfram Alpha


O Wolfram Alpha é um motor de conhecimento computacional, tentando competir com o GoogleWolfram Alpha é o único que você pode digitar uma string, esta 
ferramenta imediatamente calcula e exibe os resultados. Por exemplo, posso digitar "Demografia Americana" (Censo EUA), clicar sobre o cálculo, e imediatamente exibe uma variedade de informações relacionadas a esta string. Ou, ao comprar a versão Pro, pode inserir seus próprios dados e cálculos rápidos, executados de várias formas dinâmicas e interativas. A conta Pro, limita fazer o upload há duas vezes por mês (imagens, mensagens, tabelas, dados, etc), custa US$ 4,99 por mês. Também fornece resultados mais ricos.

4º - Visualize Free


Visualize Free é uma ferramenta que permite fazer upload dos seus próprios conjuntos de dados, permitindo que acesse um conjunto de dados comuns. Usando esses dados, pode construir seus próprios displays visuais interativos com instruções auxiliares. Os formatos de visualização incluem: gráficos, mapas gráficos, dashboards, e afins. 

Criar um painel de dados é muito simples, simplesmente arrastando o projeto. Pode carregar conjuntos de dados (folha de cálculo ou de texto delimitado por tabulações), e dados delimitados por tabulação, recortando e colando de/a partir da área de transferência (página de dados upload). 

Precisa registrar uma conta (de graça) para usar a ferramenta para fazer upload de função. Também pode acessar um grande número de dados públicos (como data.gov). 

Como o próprio nome sugere, Visualize Free é uma ferramenta de uso livre. Você faz o upload de qualquer conjunto de dados para o seu próprio uso - para que não precise preocupar-se que outros usuários possam ter acesso aos seus dados.

5º - Data Wrangler


O Data Wrangler é um serviço de visualização baseada na Web da Universidade de Stanford. Esta ferramenta é usada para remover e voltar a organizar os dados para um formato que possa ser usado em outras ferramentas (como folhas de cálculo). Embora essa ferramenta não possa realmente exibir os dados,as ferramentas de visualização podem usar esses dados. Em outras palavras, você não precisa mais gastar tempo para formatar os seus dados, e mais tempo para analisá-los.  Note que o 
Data Wrangler requer algum tempo para aprender a utilizá-lo bem, deixando os seus dados prontos. O Data Wrangler é um software livre, mas ainda está em fase de testes.

Lembre-se que ao passo que a sua empresa cresce, mais depende de dados.

Para que possa manter-se competitiva, sua empresa deve ser capaz de coletar todos os dados e transmití-los num formato interativo, de modo que propicie a melhor utilização das informações.

Tags: Dashboard, Manu Eyes, icharts, Wolfram Alpha, Visualize Free, DataWrangler,






Inline image 1

Dashboards - Many Eyes e Projeto NEO - Criação Brasileira

Inline image 1

O que de fato conseguimos ver ao olharmos sites repletos de informações?Será que conseguimos abstrair destas ricas fontes de dados insights produtivos para o nosso dia-a-dia? Conseguimos perceber tendências olhando tabelas e mais tabelas de dados? Quais são os dados que as pessoas querem visualizar?

Se precisa saber como a visualização de dados é popular, olhe para o Many Eyes da IBM. Este site permite que qualquer pessoa, responsável por registrar, analisar, estudar tendências tenha a oportunidade de VISUALIZAR qualquer conjunto de dados nos quais coloque as mãos.

Pessoas de todo o mundo enviam 200.000 conjuntos de dados para VISUALIZAÇÃO gratuita no Many Eyes. Para ser bem justo estes números estão ligeiramente inflacionados porque, muitas vezes, o mesmo conjunto de dados é carregado várias vezes, mas ainda assim é um número impressionante.

É muito interessante olhar para as tendências, não somente para as imagens geradas pela análise.

Ainda não conheço pessoalmente a Fernanda Viégas (Ph.D pelo Media Lab, do MIT), mas admiro o produto que desenvolveu.

A Fernanda acredita que a forma como as pessoas vêem as informações e conseguem estabelecer relações entre elas faz a diferença para no debate público de idéias e o engajamento dos cidadãos na realidade. Ela 
 especializou-se em VISUALIZAÇÃO de dados e fundou, com Martin Waterbarg, o site Many Eyes, mantido pela IBM dos Estados Unidos. O site é uma experiência colaborativa que analisa os impactos das técnicas de divulgação de informações sobre o debate público.

Bem, não fui convidado a ir ao evento IBM Information - On Demand (IOD), em Las Vegas neste ano [2013], mas acompanhei alguns aspectos que me interessaram graças a uma ampla esfera técnica de social media e algumas notas de imprensa interessantes. Um anúncio que me chamou a atenção foi o Projeto Neo - visualização de dados baseado em nuvem - Uma ferramenta incubada no IBM Labs por algum tempo. Isso é particularmente interessante, uma vez que recentemente estive olhando o papel da visualização em ajudar a melhorar a interpretação dos dados.

O Projeto Neo é a resposta da IBM para a visualização de dados, além de uma excelente descoberta para os usuários de negócios. Promete ajudar aqueles que não possuem conhecimentos especializados ou treinamento em análise, para interagir visualmente com os seus dados com camadas de tendências e padrões interessantes, utilizando uma interface com instrumentos mais simples, ajudando e orientando os usuários no processo de análise. 

As versões anteriores desta ferramenta, muitas vezes exigiam a utilização de modelos de dados, criação de scripts ou a exigência do conhecimento de uma linguagem de consulta (SQL). O Projeto Neo toma um rumo diferente, ignorando tal abordagem, permitindo aos usuários fazerem perguntas diretas ao conjunto de dados bruto (incluindo CSV ou arquivos de Excel ), retornando-lhes resultados na forma de visualizações interativas.

Por exemplo, um gerente de marketing poderá fazer perguntas e descobrir através de visualizações e análises guiadas o que fez as suas vendas caírem num período específico. É lógico que atrás dos bastidores o Neo está semanticamente focado em análise de dados e aplicação de análises avançadas para determinar que conceitos existem nos dados, retornando os resultados na forma de análises, visualizações e explicações "em inglês" simples daquilo que foi descoberto. Da mesma forma também destaca as idéias dentro dos dados e sugere questões alternativas que podemos querer fazer.

Embora não tenha tido acesso a uma demonstração do produto, entendo a partir de relatórios que, sob o seu capô está o DB2 BLU para o armazenamento de dados em memória colunar e consulta, bem como a utilização do SPSS Analytic Catalyst para a engenharia preditiva, além do Rapidly Adaptive Visualization Engine ( RAVE ) como base para a sua camada de visualização. O RAVE é também a tecnologia subjacente para o Many Eyes, a comunidade online de visualização da IBM para especialistas e profissionais.

Obviamente, a IBM não é a única fornecedora deste banco de serviços de descobertas e visualizações, que ajudam a baixar o limiar das habilidades em análise de dados. O SAP's Business Objects Explorer, por exemplo, é uma palavra-chave na interface de consulta de pesquisas baseadas em linguagem natural projetada para fornecer uma maneira fácil e simples dos usuários de negócios explorarem e analisarem informações usando paradigmas de busca na Internet. Dito isso, acho que o Neo é mais provavelmente um movimento competitivo contra fornecedores como a QlikTech e o Tableau, que têm tomado a liderança neste mercado. Parte de sua proposição, e com razão, centra-se na experiência de análise do usuário, bem como na apresentação visual, realmente comunicando as relações entre os dados através de visualizações interativas. Este tem sido um mercado de sucesso para estes produtores e a IBM claramente quer uma fatia maior do bolo .

É verdade que a IBM tem muitos dos ingredientes tecnológicos necessários para fazer disso um sucesso, o uso de in-memory, o processamento de linguagem natural e as visualizações fornecem uma combinação poderosa para ajudar os usuários entenderem melhor os seus dados, mas a adição de análises avançadas (tais como as análises preditivas ), também são promessas de um prospectivo nível mais profundo a ser discernido.

As organizações que desejam ter o NEO em suas mãos, precisarão esperar um pouco. O projeto ainda está nos laboratórios em sua versão beta programada para começar no início de 2014.


Referências anteriores ao Many Eyes:


Tags: Dashboard, Manu Eyes, Brasil, Brazil, brasileira, projeto Neo, 
DB2, BLU, SPSS, Analytic, Catalyst, preditiva, Rapidly, Adaptive, Visualization, Engine, RAVE, SAP, Business, Objects, IBM, Oracle, QlikTech, Tableau, Martin Waterbarg, Fernanda Viégas


Inline image 1


01 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - EMPATIA - O que dirá precisa ser exclusivamente do seu jeito



Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


O que dirá precisa ser exclusivamente do seu jeito

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, EMPATIA, 

Inline image 1

02 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - ROBÔS – São legais

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


ROBÔS – São legais

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, ROBÔS, 

Inline image 1

03 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - IMAGENS – Impacto Visual

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


IMAGENS – Impacto Visual

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, IMAGENS, 

Inline image 1

04 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - STORYTELLING – Uma boa história

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


STORYTELLING – Uma boa história

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, 
apresentação, falar, público, audiência, assistência, 
STORYTELLING,

Inline image 1

05 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - TEXTO – Pouco texto e mais conteúdo

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


TEXTO – Pouco texto e mais conteúdo

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, TEXTO,

Inline image 1

06 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - NA REAL - Olhe-se no espelho

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


NA REAL - Olhe-se no espelho

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, ESPELHO,

Inline image 1

07 - SUA AUDIÊNCIA SE IMPORTA - RETÓRICA – Não faça discurso!

Inline image 1

Aprender a como expressar-se em público é uma arte em constante desenvolvimento. Dicas valiosas devem ser avaliadas, consideradas e caso mostrem-se proveitosas, podem ser aplicadas quando tivermos a oportunidade.


RETÓRICA – Não faça discurso!

Acesse a apresentação completa aqui.












Outras apresentações online com temas similares:

13 dicas para se falar em público - Mais de 700 visualizações

Inline image 2

10 Dicas para se Falar em Público - Mais de 50.000 visualizações

Inline image 3


Inline image 4




Tags: PPT, PPTx, slide, 
slideshare, apresentação, falar, público, audiência, assistência, RETÓRICA, 

Inline image 1

LinkWithinBrazilVBAAccessSpecialist

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vitrine